Afiliado

Afiliado:

Página Inicial Expediente Anuncie Indique-nos Fale Conosco

  Ano:  XXXX   Data:  22/09/2017    Edição Número:  1431
BUSCA

  Tribuna Sanjoanense,

Nova pagina 1
  PRINCIPAL
  NOTICIAS
  SEÇÕES
  A GATA DA SEMANA
  ESPECIAL

TEMPO
 


Entre em contato conosto através de nosso e-mail

Imprima esta Noticia CLIQUE AQUI
AéCIO FAZ NOVO APELO A TEMER EM FAVOR DA CEMIG
Aécio faz novo apelo a Temer em favor da Cemig O senador Aécio Neves fez, nesta quinta-feira (21/09), um novo apelo ao presidente Michel Temer para que sejam suspensos os leilões das usinas hidrelétricas de Jaguara, São Simão, Miranda e Volta Grande, concessionárias da Cemig há 20 anos e que, juntas, respondem por 50% da capacidade de geração de energia da empresa. Em carta assinada pelos senadores da bancada de Minas no Senado, Aécio Neves, Antonio Anastasia e Zezé Perrella solicitam ao governo uma solução negociada para o impasse. O objetivo é proteger os interesses do Estado, da Cemig e dos consumidores. “Entregamos hoje ao presidente da República um documento com apelo enfático, em nome de milhões de mineiros, para que o governo federal reveja a sua disposição de leiloar ainda este mês as usinas de propriedade da Cemig. Tudo isso é consequência do desatino, da irresponsabilidade, da Medida Provisória 579 editada pela ex-presidente Dilma Rousseff, e que agora faz com que a Cemig possa vir a perder metade do seu parque gerador”, afirmou Aécio Neves. Na carta formalizada junto ao presidente Temer, os senadores ressaltam que o direito à renovação automática das concessões das usinas faz parte dos contratos originais firmados com o governo federal e que deles dependem o equilíbrio econômico e financeiro da companhia. Ponderam que os contratos não devem ser rompidos unilateralmente pela União. Além do prejuízo operacional à Cemig, a venda das usinas pode agravar ainda mais os problemas do setor energético brasileiro e, em Minas, a atual crise financeira do Estado. “Estamos apelando, mais uma vez, ao presidente da República para que possa rever essa decisão e dar um tempo a mais para que a Cemig, junto a outros aliados, inclusive parceiros privados, possa ela própria participar do leilão e continuar operando essas usinas em benefício da área de energia em Minas Gerais e, sobretudo, dos importantes investimentos sociais que a empresa mantém ao longo de toda sua história\", disse Aécio. Os senadores por Minas alertam na carta que, além da renovação automática das concessões, os contratos iniciais estabeleceram índices de desempenho que foram cumpridos pela Cemig. Em agosto, o senador Aécio fez pessoalmente um apelo ao presidente Temer, em reunião no Palácio do Planalto, para que o governo encontre um caminho para preservar o parque de geração de energia da empresa.
Tribuna Sanjoanense

17/10/2017

27/09/2017

22/09/2017

 

jornal
 
 
 

 

Copyright Jornal Na Imprensa
Copyright Tribuna Sanjoanense. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
sem autorização escrita do Jornal Tribuna Sanjoanense.

Desenvolvimento: Portal Del Rei Publicidade